• Próxima Fase

5 livros para nos fazer pensar sobre relacionamentos homoafetivos

Por Henrique Machado


Cá estou novamente, e porque o amor e o orgulho não podem parar, trago agora uma lista de livros cujas histórias guardo com grande carinho em meu coração. Como bom romântico que sou, tenha certeza que vai ter muito amor envolvido. Mas mais do que isso, haverá também luto, família, juventude e filosofia envolvida. Espero de coração que esta lista lhe traga descobertas tão valiosas quanto são para mim. Então, vamos lá?

1. Aristóteles e Dante Descobrem os Segredo dos Universo - Benjamin Alire Sáenz

Aristóteles e Dante Descobre O Segredo Do Universo, livro LGBTQIA+

Se pelo nome você já espera uma aventura filosófica, posso te dizer que não está de todo errado. No entanto, a história de Aristóteles e Dante não para por aí. O romance que aqui é escrito é atravessado por questões da descoberta não só de sua sexualidade, mas também da força da amizade e de como o mundo pode guardar mais surpresas do que aparenta. A sensibilidade de Sáenz se mostra a partir do momento em que a narrativa nos traz também os conflitos internos e externos dos personagens, que lidam com suas origens, questões do passado e também questões do presente. É um verdadeiro banquete de reflexões, abraçado por uma camada de romance e emoção.

2. One Man Guy – Michael Barakiva

One Man Guy, livro LGBTQIA+

Ethan e Alek não poderiam ser mais diferentes. Mundos distintos, personalidades opostas. Contudo, é nesse contraste que uma das minhas histórias preferidas se desenrola. Tocando em assuntos como sexualidade, amizade, coragem, diferenças culturais/históricas e a construção de si mesmo, o livro de Barakiva logo me conquistou nas primeiras páginas. O li pela primeira vez há alguns anos, no entanto até hoje segue sendo um dos primeiros que me vem à mente quando penso em romances LGBTQ+.

3. História é tudo que me deixou – Adam Silveira

Histórias é tudo aquilo que você me deixou, livro LGBTQIA+

Quando o luto se torna uma realidade, será que existe um manual de como lidar com tudo? Talvez não, e é exatamente por isso que é tão doloroso. Culpa, decepção, saudade, raiva, obsessão. São tantos os sentimentos e parecem existir tão poucas saídas além de nos deixar explodir com essas sensações. Silveira trás aqui um romance que me surpreendeu ao tocar de forma tão sensível e ao mesmo tempo intrigante numa temática tão pesada. A redescoberta do amor, o perdão, a superação. Há tantos temas aqui tratados e todos tão bem conectados que a única coisa que posso dizer é: leia e se deixe sentir!

4. Eu te darei o Sol – Jandy Nelson

De todos, esse é um dos que mais me chama atenção. Se valendo de mudanças temporais e de perspectiva, Nelson conta uma história de amor, tanto romântico quanto fraternal. Do gênero Young-Adult, “Eu te darei o Sol” narra a vida de dois irmãos, antes inseparáveis e agora completos estranhos. É uma história sobre completar histórias e como para tudo há dois lados. É um livro para te manter com lágrimas nos olhos em sua maior parte.

5. Tudo pode acontecer – Will Walton

Tudo pode acontecer, livro LGBTQIA+

Recebendo o mesmo nome da famosa música de Ellie Goulding (Anything Could Happen), ao mesmo tempo em que a mesma faz uma participação pra lá de especial, a história criada por Walton é uma porção de sensibilidade e leveza, ao mesmo tempo que trata de temas como a busca pela verdade dentro de si e a libertação das amarras que prendem nossa autenticidade. Amizade e amor se encontram, mas mais do que isso, a verdadeira faceta do livro é a construção do Eu do personagem, jovem e em busca de si mesmo. “Tudo pode acontecer” é uma homenagem à imprevisibilidade da vida e ao desejo de ser feliz.

E chegamos ao fim de mais uma lista. Assim como nos filmes, há outra infinidade de conteúdos que podem ser encontrados. Há sempre novas e velhas histórias, todas esperando pelo seu desejo de conhece-las.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo